CNJ aposenta desembargador que vendia liminares em plantões


O Plenário do Conselho Nacional de Justiça puniu com aposentadoria compulsória o desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará Carlos Rodrigues Feitosa, acusado de vender decisões em plantões judiciários.
Segundo as investigações, o magistrado participava de um grupo criado por seu filho e for…
Fonte: Conjur