Editora é proibida de vender biografia com pseudônimo de Cunha


A Justiça do Rio de Janeiro citou a proibição constitucional ao anonimato e até a tese de propaganda enganosa ao impedir a Editora Record de distribuir e vender exemplares do livro Diário da Cadeia – Com Trechos da Obra Inédita Impeachment, no qual o autor assina com o pseudônimo do ex-deputado f…
Fonte: Conjur