"Lava jato" defende no Supremo acordo firmado com a Petrobras


Os procuradores da operação “lava jato” no Ministério Público Federal em Curitiba (PR) enviaram ao Supremo Tribunal Federal, nesta sexta-feira (29/3), uma manifestação a favor do acordo que previa a criação de um fundo com R$ 2,5 bilhões recuperados da Petrobras. A manifestação é uma resposta à a…
Fonte: Conjur