Pardos e jovens são as principais vítimas durante greve da PM-ES


Durante o mês de fevereiro a Polícia Militar do Espírito Santo parou por mais de 20 dias. Sem policiamento nas ruas, o que se viu foi um caos urbanos com centenas de crimes, inclusive assassinatos. Foram 138 homicídios registrados entre 1 e 28 de fevereiro na Grande Vitória. A maioria das vítimas…
Source: Conjur