Promotores da "bandidolatria" mantêm queixa contra professora


O 2º Juizado Especial Criminal,  do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, terá de dar andamento normal à queixa-crime apresentada por dois promotores de justiça contra a doutora em Ciências Criminais pela PUC-RS Christiane Russomano Freire.
A determinação é da Turma Recursal Criminal dos Ju…
Fonte: Conjur