Quando o defensor (público) joga para ganhar, desagrada o poder


O evento promovido pela Fifa, aliado ao amor do brasileiro pela seleção canarinho, permite que a teoria dos jogos seja mais uma vez trazida ao debate para a compreensão do processo penal. A referida teoria comporta a distinção entre os amadores e os profissionais[1]. O êxito daqueles que compõem …
Fonte: Conjur