TJ-RJ ordena que Facebook exclua página sobre tendência suicida


Para evitar suicídios de adolescentes, a 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou que o Facebook exclua a página Pulsos que sangram da rede. A empresa cumpriu a ordem e tirou o domínio do ar.
A página era curtida por 4,3 mil pessoas. No topo dela, estava a frase “se…
Fonte: Conjur