TJ-SP mantém condenação de youtuber que incitou ataques a taxista


O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve sentença que condenou a youtuber Kéfera a pagar R$ 25 mil de indenização a um taxista por divulgar um vídeo no qual discutia com o motorista, além de expor seus dados pessoais.
“A conduta da requerida de divulgar negativamente o vídeo com versão unila…
Fonte: Conjur